consenso-fotoprotecao

Consenso de Fotoproteção é apresentado na Câmara de São Paulo

Após o lançamento nacional do Consenso Brasileiro de Fotoproteção da Sociedade Brasileira de Dermatologia – protocolo de recomendações voltado para médicos e profissionais de saúde, políticas públicas, laboratórios, pacientes e população – ocorrido em novembro do ano passado, na Assembleia Legislativa de São Paulo, o documento foi apresentado em evento na Câmara Municipal paulista, no dia 3 de abril.

De acordo com Vânia Lúcia Siervi Manso, coordenadora do Grupo de Apoio Permanente da SBD (Grape) e do evento, o objetivo é sensibilizar as autoridades e a população sobre o tema. “Vamos também ministrar palestras sobre vitamina D, prevenção do câncer da pele, fotoproteção na alopecia areata e a campanha ‘Sol, amigo da Infância’ com médicos titulados pela SBD no modelo de minicurso, com direito a certificado”.

Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina

bigstock-Beautiful-smiling-woman-portra-30128216

Conheça o Exsy Nutriment

O Exsy Nutriment é um composto à base de silício orgânico. Sua principal ação é reduzir a flacidez do corpo, promovendo a firmeza da pele, potencializando a fixação de cálcio e repondo o silício orgânico do corpo, que diminui naturalmente com o envelhecimento, que com o uso do Exsy Nutriment é retardado.

Além disso, atua como um lifting oral e estimula a a produção de colágeno e elastina no corpo e age como um potente antioxidante que fortacele unhas e cabelos.

cuidados_com_a_pele_bebe

Cuidados com a pele do bebê

Naturalmente mais sensível, o tecido cutâneo dos bebês precisa receber cuidados constantes ao longo do dia e, sobretudo, durante o banho, para manter-se saudável. Isso porque, diferentemente do que se imagina, ao invés de significar uma maior higienização, as idas ao chuveiro – quando feitas em demasia –  são um dos principais responsáveis por causar reações adversas na pele delicada das crianças.

“Todos nós temos um manto dermolipídico que cobre todo o corpo e acaba sendo prejudicado pelos banhos excessivos, que deixam a derme mais suscetível às agressões externas e aumentam bastante o risco de possíveis alergias”, explica Fernanda Casagrande, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia.

Imprescindível na hora de mandar embora a sujeira, os sabonetes, quando utilizados além da conta, também são capazes de eliminar a camada protetora da superfície cutânea que existe, exclusivamente, para manter a sua integridade. Por isso, é fundamental evitar o efeito negativo provocado por eles com a adoção de produtos neutros, fabricados especialmente para peles sensíveis, ou de hipoalergênicos, feitos com base vegetal. Além disso, vale a pena evitar as versões perfumadas e as que são bactericidas porque facilitam o caminho para o desenvolvimento de alergias.

Assim como o uso de sabonetes impróprios e o número elevado de banhos, outro fator que pode representar um risco maior ao tecido cutâneo dos bebês é o contato com a água quente, já que a alta temperatura favorece a desidratação e ainda oferece o perigo de pequenas queimaduras. “A melhor forma de a mãe saber se água está muito aquecida ou não, é molhando o antebraço, que possui uma pele mais sensível. O ideal é que a temperatura fique bem morninha, próxima dos 36ºC”, ensina a especialista.

Outras dicas 

Se o segundo banho do dia for inevitável para manter a criança limpinha, vale lembrar que o sabonete utilizado desta vez deve ser aplicado somente na virilha, nas axilas e no pescoço do bebê. Logo depois disso, também é importante usar uma toalha bem macia para secá-lo delicadamente e evitar, assim, lesões na região. Nesta hora, todas as dobrinhas, como dedos, pernas e bumbum, precisam ser completamente secas para impedir o surgimento de possíveis frieiras e assaduras.

Outra dica valiosa é limpar o rosto e a cabeça do neném antes do corpo. “Isso garante que as áreas recebam a água mais limpa do banho. Algumas pessoas preferem lavá-las com a criança ainda de fralda, para depois tirá-la, e lavar o corpinho”, finaliza.

Fonte: Terra

Rotina de cuidados com a pele masculina

Apesar da falta de paciência e de tempo para tratar a cútis, homens das mais variadas idades também precisam adotar uma série de cuidados especiais para driblar alguns probleminhas cutâneos. Para combatê-los, ao contrário do que se imagina, não são necessárias muito tempo. Basta entender as características da pele de cada um

A derme masculina tende a ser mais oleosa e espessa do que a das mulheres, além de produzir mais suor, devido à ação dos hormônios. Por isso é fundamental que sejam usados produtos que atendam as necessidades específicas de cada tipo de pele.

A seguir, uma rotina de cuidados rápidos com a pele para facilitar o dia a dia dos homens que querem e precisam ter esse cuidado. Apesar de simples, a rotina é eficaz.

Limpeza do rosto

Ação fundamental para os homens que desejam conquistar uma pele livre de impurezas e do excesso de oleosidade, lavar o rosto pelo menos duas vezes ao dia com água fria deve ser o primeiro cuidado a ser adotado em prol de uma aparência mais bonita. Por isso, vale a pena ficar atento também ao tipo de sabonete usado, pois, em geral, as cútis masculinas pedem versões neutras.

Hidratação da pele

Devido à forte tendência à oleosidade, a pele dos homens deve ser tratada com um hidratante matificante, responsável por controlar a produção das glândulas sebáceas. Para obter o efeito esperado, o produto – geralmente encontrado na versão sem cheiro – deve ser aplicado duas vezes ao dia.

Banhos mornos

Na hora do banho, a ala masculina deve sempre optar pela água morna, pois a alta temperatura do chuveiro remove o manto hidrolipídico (camada natural de proteção da pele feita de água e gordura), favorecendo o ressecamento. Além disso, pode-se apostar em sabonetes ou géis de limpeza com pH neutro, que retiram as impurezas da cútis sem deixá-la seca.

Barba

O trato com a barba deve ser realizado, preferencialmente, após o banho. Afinal, é neste momento que a pele fica completamente limpa e com menos riscos de desenvolver irritações. No entanto, outros cuidados são fundamentais para garantir que o processo seja eficaz.

Por isso, na hora de tirar os pelos da face, recomenda-se a aplicação de um creme de barbear, seguido por um bálsamo pós-barba com ação antisséptica, cicatrizante e calmante – ideal para o homem que tem pré-disposição à foliculite -, assim como loções anti-inflamatórias.

Proteção contra os raios solares

Potente aliado da cútis, o protetor solar também não deve ser dispensado pelos homens. Para garantir uma proteção adequada, a aplicação do produto deve acontecer pelo menos três vezes ao dia, em locais onde a luz solar pode entrar em contato com a pele. Além disso, o filtro deve ser sempre o último creme a ser passado no rosto.

Fonte: Terra Beleza