cuidados_com_a_pele_bebe

Cuidados com a pele do bebê

Naturalmente mais sensível, o tecido cutâneo dos bebês precisa receber cuidados constantes ao longo do dia e, sobretudo, durante o banho, para manter-se saudável. Isso porque, diferentemente do que se imagina, ao invés de significar uma maior higienização, as idas ao chuveiro – quando feitas em demasia –  são um dos principais responsáveis por causar reações adversas na pele delicada das crianças.

“Todos nós temos um manto dermolipídico que cobre todo o corpo e acaba sendo prejudicado pelos banhos excessivos, que deixam a derme mais suscetível às agressões externas e aumentam bastante o risco de possíveis alergias”, explica Fernanda Casagrande, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia.

Imprescindível na hora de mandar embora a sujeira, os sabonetes, quando utilizados além da conta, também são capazes de eliminar a camada protetora da superfície cutânea que existe, exclusivamente, para manter a sua integridade. Por isso, é fundamental evitar o efeito negativo provocado por eles com a adoção de produtos neutros, fabricados especialmente para peles sensíveis, ou de hipoalergênicos, feitos com base vegetal. Além disso, vale a pena evitar as versões perfumadas e as que são bactericidas porque facilitam o caminho para o desenvolvimento de alergias.

Assim como o uso de sabonetes impróprios e o número elevado de banhos, outro fator que pode representar um risco maior ao tecido cutâneo dos bebês é o contato com a água quente, já que a alta temperatura favorece a desidratação e ainda oferece o perigo de pequenas queimaduras. “A melhor forma de a mãe saber se água está muito aquecida ou não, é molhando o antebraço, que possui uma pele mais sensível. O ideal é que a temperatura fique bem morninha, próxima dos 36ºC”, ensina a especialista.

Outras dicas 

Se o segundo banho do dia for inevitável para manter a criança limpinha, vale lembrar que o sabonete utilizado desta vez deve ser aplicado somente na virilha, nas axilas e no pescoço do bebê. Logo depois disso, também é importante usar uma toalha bem macia para secá-lo delicadamente e evitar, assim, lesões na região. Nesta hora, todas as dobrinhas, como dedos, pernas e bumbum, precisam ser completamente secas para impedir o surgimento de possíveis frieiras e assaduras.

Outra dica valiosa é limpar o rosto e a cabeça do neném antes do corpo. “Isso garante que as áreas recebam a água mais limpa do banho. Algumas pessoas preferem lavá-las com a criança ainda de fralda, para depois tirá-la, e lavar o corpinho”, finaliza.

Fonte: Terra

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *